Santa Cruz Cabrália, município do nordeste brasileiro, localizado no extremo sul do estado da Bahia, na Costa do Descobrimento, cidade-berço da Civilização Brasileira.

Sua baía, por séculos chamada de Terra de Vera Cruz e atualmente de “Cabrália”, é o local de chegada das caravelas dos portugueses por ocasião do descobrimento do Brasil, em 22 de abril de 1500.

Santa Cruz Cabrália é uma das cidades históricas do estado da Bahia, por nela terem sido realizadas a 1ª (Domingo de Páscoa) e a 2ª (de Posse) Missas no Brasil, ambas celebradas por Frei Henrique de Coimbra, capelão da armada de Pedro Álvares Cabral, em 26 de abril e 1 de maio de 1500, respectivamente, a primeira delas na extremidade sul da Baía Cabrália, mais precisamente no Ilhéu da Coroa Vermelha, e a segunda na foz do Rio Mutary.

Os limites são Belmonte, Porto Seguro, Eunápolis e Oceano Atlântico, distante 679Km da Capital, Mesorregião Sul Baiano, Microrregião Porto Seguro, área 1 550,791 km², sua população estimada é de 26.500 habitantes, e o aniversário da Cidade é dia 23 de Julho.

A história da cidade de Santa Cruz Cabrália iniciou-se no ano de 1500 com o descobrimento do Brasil, quando o navegador português Pedro Álvares Cabral a procura de um porto seguro, ancorou suas naus num ilhéu de águas claras e calmas, hoje Ilhéu de Coroa Vermelha, dentro de uma baía larga e aconchegante, hoje Baía Cabrália. Neste ilhéu, no dia 26 de abril de 1500, foi celebrada pelo frei Henrique Soares, de Coimbra, a Primeira Missa no Brasil.

Em 1534 ano da Criação das Capitanias Hereditárias pelo rei de Portugal. O Brasil foi dividido em 15 lotes e entregue a 12 (doze) donatários. A capitania de Porto Seguro foi doada a Pero de Campo Tourinho, nobre português de Viana do Castelo que, mobilizando 500 pessoas desta cidade, que na época contava com 2000 habitantes, partiu de Portugal rumo à nova terra.

No ano seguinte 1535 é a chegada de Pero de Campo – Tourinho e colonos ao Brasil. Criação das primeiras povoações às margens do rio Mutarí, com o primitivo nome de Vera Cruz e da sede da capitania às margens do rio Buranhém, localizado no atual município de Porto Seguro. Ano de fundação do atual município de Santa Cruz Cabrália.

Em 1541 é a partir deste ano devido aos constantes ataques dos índios aimoré, assaltos, assolações e brigas entre Pero de Campo Tourinho e colonos, a povoação do rio Mutarí se muda para as margens do rio Sernambetiba (atualmente rio João de Tiba ) com o nome de Santa Cruz.

No dia 13 de dezembro de 1832 é assinado, pelo Sr. Presidente da Província do Estado da Bahia Dr. Honorato José Paim, o decreto que elevou a povoação à categoria de Vila de Santa Cruz.

Em 1833 no dia 23 de julho a vila foi elevada à categoria de município, sendo instalado o Município de Santa Cruz com Governo próprio e Câmara de Vereadores.

No ano de 1931 no dia  08 de julho, o município de Santa Cruz perdeu sua autonomia por dois anos, por um ato precipitado do interventor federal Dr. Artur Neiva, sendo anexado ao município de Porto Seguro.

Em 1933 no dia 04 de agosto deste, foi assinado o decreto de nº 8.594 pelo ex – interventor Juraci Montenegro Magalhães devolvendo a autonomia ao município de Santa Cruz desmembrando-o do município vizinho, Porto Seguro.

No dia 09 de março de 1935, por força do decreto n.º 9.400 foi incorporado ao nome Santa Cruz, o nome Cabrália, batismo realizado pelo padre Ayres de Casal, passando então o município a chamar-se definitivamente Santa Cruz Cabrália.

Em 1938, pelo decreto – lei n.º 10.724 de 30 de março deste ano, assinado pelo interventor Dr. Landulfo Alves de Almeida, o município de Santa Cruz Cabrália foi elevado à categoria de cidade.

.

Prefeitura

Wikipédia

.

.

[mappress mapid=”27″]

.

 

Share on FacebookPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on Twitter
Related Articles
Scroll Up