.

Ouro Preto é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, famoso por sua magnífica arquitetura colonial, localiza-se na latitude 20º23’08” sul, longitude 43º30’29” oeste, sua área é de 1 245,114 km², sua populaçãocestimada é de 70.500 habitantes, com altitude média de 1.116m, e o ponto mais alto é o Pico do Itacolomi, com 1.722m.

Localizado na Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte, Microrregião Ouro Preto, os Municípios limítrofes são Belo Vale, Moeda, Itabirito, Santa Bárbara, Mariana, Piranga, Ouro Branco e Congonhas, e a distância até a capital é de 96 km.

No município são 13 distritos o de Amarantina, Antônio Pereira, Cachoeira do Campo, Engenheiro Correia, Glaura, Lavras Novas, Miguel Burnier, Santa Rita, Santo Antônio do Leite, Santo Antônio do Salto, São Bartolomeu e Rodrigo Silva, além da sede.

O aniversário da cidade é dia 8 de Julho, a fundação foi no ano de 1711, o gentílico é ouro-pretano, e foi a primeira cidade brasileira a ser declarada pela UNESCO, Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, no ano de 1980.

Em 1698 acampou na margem de um córrego, uma expedição de paulistas, que vinha à procura de ouro. Chefiava esse grupo o bandeirante Antônio Dias, e vinha em sua companhia, como capelão, o Padre Faria. Ao acordar, na névoa da madrugada, os bandeirantes viram desenhar-se, pouco a pouco, o alvo tão procurado, o Pico do Itacolomi. A montanha pontuada levando às costas o rochedo vinha sendo mencionada há muito como o ponto de referência do local no qual um certo mulato encontrou, no fundo de um córrego, umas pedras negras que guardou e levou para Taubaté. De lá o achado foi enviado ao Governador Artur de Sá Menezes, no Rio de Janeiro, e quando partido, verificou-se ser ouro puro, que brilhava como a luz do sol.

Há dois séculos os portugueses buscavam o ouro, finalmente encontrado, e em tal quantidade que entre 1700 e 1770 a produção do Brasil foi praticamente igual a toda a produção de ouro do resto da América.

A vila foi fundada em 1711 pela junção desses vários arraiais, tornando-se sede de concelho, com a designação de Vila Rica.

Em 1720 foi escolhida para capital da nova capitania de Minas Gerais. Em 1823, após a Independência do Brasil, Vila Rica recebeu o título de Imperial Cidade, conferido por D. Pedro I do Brasil, tornando-se oficialmente capital da então província das Minas Gerais e passando a ser designada como Imperial Cidade de Ouro Preto.

Em 1839 foi criada a Escola de Farmácia e em 12 de outubro de 1876, a pedido de D. Pedro II do Brasil, Claude Henri Gorceix fundou a Escola de Minas em Ouro Preto. Esta foi a primeira escola de estudos mineralógicos, geológicos e metalúrgicos do Brasil, que hoje é uma das principais instituições de engenharia do País.

Foi a capital da província e mais tarde do estado até 1897, neste ano Ouro Preto perde o status de capital mineira, especialmente por não apresentar alternativas viáveis ao desenvolvimento físico urbano, sendo a sede transferida para o antigo Curral Del’Rey, onde uma nova cidade, Belo Horizonte, planejada e espaçosa, estava sendo preparada.

A vetusta cidade continuou polarizando seus distritos, sendo contudo, o município somente a sombra do que foi outrora o Termo de Vila Rica.

Em 1923, pela Lei N° 843 de 7 de setembro, emancipa-se a antiga Itabira do Campo, atual Itabirito e em 1953 cria-se o município de Ouro Branco, desmembrado do de Ouro Preto pela Lei N°1039, de 12 de dezembro.

.

Prefeitura

Wikipédia

Universidade

Museu Virtual

Ferrovia

.

.

.

.

Scroll Up