Armação dos Búzios ou apenas Búzios, como é globalmente conhecido, é um município do estado do Rio de Janeiro localizado na Região dos Lagos, os limites são Macaé, Rio das Ostras, Iguaba Grande, Casimiro de Abreu, Cabo Fio e Oceano Atlântico, localiza-se a cerca de 165 quilômetros da capital do estado, sua área é de 69,287 km², e sua população estimada é de 29.000 habitantes.

Significado do nome, chama-se Armação de Búzios devido à grande quantidade de búzios no fundo do mar e às armações de pescarias feitas por navios que passavam por suas baías, o aniversário da Cidade é no dia 12 de Novembro, e o gentílico é buziano.

Tribos Tamoios e Goiatacases já habitavam a região de Búzios. Favorecidos pela pouca defesa propiciada por Portugal para as costas brasileiras e pela generosidade do litoral com inúmeras enseadas e portos naturais piratas franceses ingleses e holandeses desenvolveram intensa atividade na área.

Em 1555 a França através da invasão do Rio de Janeiro estabeleceu a chamada França Antártica. Criando bons relacionamentos com os índios das região os franceses apossaram-se da península e construíram bases de proteção e estocagem de madeira principalmente o Pau-Brasil.

Em 1575 o então governador D. Antônio Salema retornou a região massacrou os índios e retomou o controle da área. Foi no entanto uma retomada temporária pois pouco depois os franceses com o auxílio dos índios Tamoios retomaram a situação.

Foi somente em 1615 após uma série de lutas que os Portugueses desta vez apoiados pelo índio Araribóia expulsaram definitivamente os franceses.

Com o fim das atividades exportativas a região permaneceu então limitada a pesca artesanal que se constituiu sua única fonte de renda. No final do século XIX e início do século XX, Búzios começou a receber imigrantes portugueses que se uniram ao grupo de pescadores locais, ensinando-lhes novas técnicas de pesca. Neste século, foi também criada a Armação dos peixes de Búzios que consistia numa estrutura para capturar peixes, ocasionando então o nome do balneário a ser Armação dos Búzios.

Também se caçava baleias para a extração de seu óleo que era usado tanto para a iluminação da cidade de Rio de Janeiro quanto para exportação. Os ossos dos animais capturados eram enterrados na praia ao lado da Praia da Armação, dando origem ao nome de uma das mais famosas praias de Búzios, a Praia dos Ossos. Tempos depois, a área foi destinada para lavoura, criação de gado e as atividades das grandes fazendas, sendo a pesca, neste trecho de litoral, terminantemente proibida. Terminada a proibição, a economia local permaneceu por longo período baseada na pesca e na agricultura em pequena escala, até meados do século XX, quando começaram a surgir atividades cujas características são totalmente diferentes das tradicionais, aparecem as relacionadas com o turismo.

Nos anos 50 o Dr. José Bento Ribeiro Dantas chega a Búzios sendo considerado desde então o maior benfeitor da cidade. A alta sociedade carioca passa a freqüentar Búzios atraída pela incrível beleza e pela quase privacidade desta pequena aldeia de pescadores.

Trazida por seu então namorado brasileiro Bob Zagury em 1964 Brigitte Bardot, a mais famosa artista de cinema da época, redescobre em Armação de Búzios a vida e a alegria de viver encontrando um refúgio da perseguição de repórteres e fotógrafos da época.

Armação de Búzios torna-se então em resort famoso atraindo as atenções de todo Brasil e dos demais países do Cone Sul, Estados Unidos e Europa.

.

Prefeitura

Wikipédia

.

buzios_rj_001 buzios_rj_002 buzios_rj_003

.

[mappress mapid=”29″]

.


.

 

Scroll Up